09 ago

Parque Olímpico

PARQUE OLÍMPICO

O Parque Olímpico do Rio de Janeiro é um conjunto de instalações no Complexo Esportivo Cidade dos Esportes que foi expandido para sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 2016 na cidade do Rio de Janeiro. A construção teve início no dia 6 de Julho de 2012.

É considerado o coração dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e ocupará uma área de 1,18 milhão de metros quadrados, onde ocorrerão disputas de 16 modalidades olímpicas: basquete, ciclismo de pista, ginástica artística, ginástica de trampolim, ginástica rítmica, handebol, judô, luta greco-romana, luta livre, nado sincronizado, natação, polo aquático, saltos ornamentais, taekwondo, esgrima e tênis. O local receberá, ainda, 10 modalidades paralímpicas: basquete em cadeira de rodas, bocha, ciclismo, futebol de 5, goalball, judô, natação, rúgbi em cadeira de rodas, vôlei sentado e tênis em cadeira de rodas.

Atendido por duas das novas linhas de BRT, a Transolímpica e a Transcarioca, o Parque Olímpico, formado por instalações esportivas e não esportivas, também será  um dos locais do principal legado esportivo dos Jogos Rio 2016: o Centro Olímpico de Treinamento (COT).

O projeto vencedor do Concurso Internacional para o Plano Geral Urbanístico do Parque Olímpico Rio 2016, coordenado pela Empresa Olímpica Municipal em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB). se destacou para a comissão julgadora “por conta do conceito de operação, o acesso separado para atletas e público, a logística do sistema de transportes, a viabilidade de execução e uma via exclusiva para estacionamento. Já no legado que o projeto deixará para a cidade, os destaques foram a preservação ambiental, a viabilidade de manutenção e a preservação da lagoa da região”.

rio_2016_5_pranchas_formato_a1_pagina_2

Na infraestrutura geral do Parque Olímpico, foram colocados mais de 9,6 quilômetros de redes de drenagem (extensão equivalente a aproximadamente três vezes e meia a praia de Ipanema); 5,3 quilômetros em redes de esgoto; 5 quilômetros de redes de água; 3,5 quilômetros de redes de incêndio; 3 quilômetros de rede de iluminação pública; 7,2 quilômetros de rede de média tensão e 10,9 quilômetros de redes de telecomunicações.

Após os jogos, o Parque Olímpico será transformado em um amplo complexo esportivo e educacional destinado a estudantes da Rede Municipal e atletas de alto rendimento.

Fonte

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>