01 set

O boom da energia solar

energia solar

O boom das fontes renováveis, especialmente a solar, criou um mercado de oportunidades e fez surgir novos modelos de negócio mundo afora. Capitaneados por empresas e startups, os novos formatos ocorrem no vácuo deixado pelas fontes renováveis ao liberar consumidores das distribuidoras e aproveitam as oportunidades trazidas pelo avanço da geração caseira de energia. De fazenda solar comunitária a aluguel de placas solares, a maioria desses negócios está nascendo no embalo da popularização dessa fonte.

Mas o consumidor não precisará instalar placas solares em seu telhado para obter os benefícios da energia solar. Aproveitando as mudanças nas regras da geração distribuída no país que permite que a compensação de energia na tarifa seja feita por meio de geração remota, ou seja, os consumidores podem gerar sua própria energia para obtenção de créditos na conta de luz em local diferente do ponto de consumo, desde que este lugar seja de domínio da mesma concessionária de energia.

PAINEL

Todos que têm interesse em energia solar podem participar, independente do tamanho do consumo de energia. “A vantagem desse investimento coletivo é o ganho de escala e a redução do custo do sistema. Quanto maior o projeto, mais viável ele fica”, afirma Rodrigo Lopes Sauaia, diretor da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Quem não quer – ou não pode – comprar um sistema fotovoltaico ou investir num projeto de geração compartilhada, pode “alugar” os painéis solares. Esse é o ramo de atuação da startup curitibana Renova Green, que está vendendo plano de energia solar por assinatura.

Fonte

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>