01 mar

Locação residencial cresceu 25% nos três últimos anos, em Curitiba

maçaneta

O estudo do Secovi-PR também aponta que a média da inadimplência de locação em 2016 ficou em 2%
A estimativa de contratos residenciais de locação efetivados, em Curitiba, aumentou na ordem de 25% nos três últimos anos. O dado faz parte do último levantamento realizado pelo Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), ligado ao Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR). A estimativa é a de que em janeiro deste ano tenham ocorrido 1.236 locações residenciais.

O estudo mostra ainda que o crescimento da oferta destes imóveis, nos três anos, ficou em 41,2%. “Lentamente o mercado está conseguindo absorver e equilibrar a quantidade de imóveis que estão sendo colocados para locação.

Comportamento de consumo
Segundo o presidente do Inpespar e vice-presidente de Economia e Estatística do Secovi-PR, Mauricio Ribas Moritz, os três primeiros meses do ano são tradicionalmente a época mais aquecida do mercado de locação residencial, porém os dados referentes aos meses de novembro e dezembro de 2016 acrescidos de janeiro de 2017 mostram mudanças de consumo. “Se compararmos o período destacado com os dados dos dois últimos anos observamos um crescimento de 45,4%”, pondera.

Baixa inadimplência
De acordo com a pesquisa, os alugueis apresentam uma inadimplência extremamente contida na comparação com outros setores da economia. “A média de inadimplência de 2016 ficou em 2%, o que representa uma diminuição de 0,3 pontos percentuais na comparação com 2015”, explica Moritz. “Essa última pesquisa nos mostra que em janeiro de 2017 esse índice fechou em 1,9%”, adianta.

Foto: Divulgação
Fonte: Lide Multimídia

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>