01 nov

Adaptações em casa para os idosos

idoso10

Com o passar dos anos, várias mudanças acontecem no corpo das pessoas, e muitas delas dificultam ou impedem a realização de atividades que antes eram corriqueiras. Em alguns casos, o idoso precisa de atenção constante, mas em outros é possível manter a independência com algumas mudanças simples na casa. Elas melhoram a qualidade de vida, facilitando tarefas do dia a dia e até mesmo evitando acidentes.

De acordo com Márcia Sena, especialista em qualidade de vida na terceira idade e fundadora e proprietária da Senior Concierge, de São Paulo, que oferece serviços para a terceira idade, entre os lugares nos quais mais acontecem acidentes com idosos dentro de casa estão a cozinha e o banheiro, por serem áreas consideradas úmidas. Em todos os ambientes, as portas devem ter, no mínimo, 80 cm de largura, para possibilitar a passagem de andadores e cadeiras de rodas. No caso de maçanetas das portas, as do tipo alavanca são as melhores, porque facilitam na hora de abrir. Ainda de acordo com a professora, tapetes são um dos objetos de decoração menos indicados e as escadas devem ter corrimão dos dois lados, assim como corredores extensos.

Cozinha e área de serviço

Para um idoso, a cozinha precisa ser muito mais iluminada. A altura dos armários também deve ser repensada, ficando mais embaixo. Além disso, é importante prestar atenção aos botões de acendimento do fogão: devem estar localizados em cima, e não nas laterais, para evitar que o idoso esbarre e se machuque. Na área de serviço, o varal de roupas também deve passar por uma avaliação. Trocar o de teto por uma opção de chão, mais ao alcance das mãos, pode ser uma alternativa.

cozinha

Banheiro

É um espaço que deve ser muito bem iluminado, para evitar confusões entre a parede e o piso, que dever ser antiderrapante também, já que é uma área úmida. Barras de apoio devem estar presentes em todo o espaço, mas, principalmente, no box e perto do vaso sanitário. No box, o ideal é que não exista degrau para entrar e que o piso também seja antiderrapante. Barras de apoio podem ser complementadas por uma cadeira higiênica, que permitem que a pessoa tome banho sentada. A porta deve ser de material firme, como acrílico ou vidro. As cortinas de box não são indicadas, porque podem enroscar na perna da pessoa .

banheiro

Quarto

Márcia é enfática quanto a esse ambiente: “Deve-se deixar tudo o mais simples possível”. Poucos elementos e muita área de circulação são as palavras de ordem para o quarto de um idoso. A cama deve ter uma altura que permita que a pessoa encoste completamente os pés no chão quando estiver sentada e que a deixe com as pernas formando um ângulo de 90º. Ao lado, a mesa de cabeceira é importante e deve ter a mesma altura da cama, além de ser firme, feita com material forte. Um abajur ou outra fonte de luz deve estar nesse criado-mudo, com botão de liga/desliga ao alcance das mãos. Melhor ainda se houver iluminação com sensor de presença.

Sala

Ambiente que geralmente concentra grande quantidade de tapetes, a sala pode ser um ambiente perigoso. Para evitar acidentes, o ideal é que eles sejam sempre de cerdas curtas e fixados no chão com fita antiderrapante. Fios expostos de aparelhos de televisão, ventilador, som, entre outros, também devem ser evitados. Enrole e prenda os fios na parede com fita adesiva, ou use os espirais que agrupam. Móveis de formas arredondadas são os mais indicados por não terem cantos, nos quais o idoso possa esbarrar e se machucar. Outra solução para isso são os protetores de quinas.

Fonte

 

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>